Old

8 de maio de 2013

Happily lost.

Estou bebêda,
perdida e
feliz.

Perdi as minhas bases, os meus princípios, o meu caráter,
mas sinto tanta felicidade que já nem sei do vazio que antes sentia.
Se antes tinha raízes que me prendiam, que diziam quem eu era, o que eu queria, para onde eu ia,
agora sou livre, flutuo como se não existisse gravidade, e sinto-me feliz.
Quem disse que para sermos felizes temos de ser donos do nosso caminho?
Eu estou perdida, confusa, não tenho controlo sobre os meu passos, porém tenho um sorriso nos lábios tão puro que parece real. Espero que seja real.
Mas antes, quando tinha ideia de quem eu era, apenas sentia o vazio.

Estou bebêda,
perdida,
mas feliz.

Sem comentários:

Enviar um comentário